Acelino Popó cai, mas vence mexicano em sua despedida do boxe


Despedida Popó

Popó comemora a vitória em sua luta de despedida – Divulgação

Um dos maiores boxeadores do Brasil, Acelino “Popó” Freitas se despediu de vez do boxe no último sábado (11) e o palco do adeus foi o ginásio Mangueirinho, em Belém (PA). Aos 42 anos o tetracampeão de boxe subiu pela última vez no ringue para derrotar o mexicano Gabriel “El Rey” Martinez por decisão unânime dos jurados (75×74, 76×73 e 75×74) após oito rounds.

Quem achou que Acelino Popó teria vida fácil em sua despida se enganou já que Gabriel “El Rey” Martinez não quis saber de facilitar as coisas e deu trabalho para o ex-campeão mundial.

Acelino Popó começou muito bem a luta, chegou a vencer o primeiro round com tranquilidade, mas depois sofreu bastante. No segundo round, o mexicano chegou a derrubar o brasileiro. Popó se recuperou, viu o rival ser punido e, ao término do combate, saiu vitorioso.

“Quarenta e dois anos não é mais trinta e dois, foi bom parar assim. Se a gente para com nocaute seria golpe de sorte, ficaria com um gosto de quero mais, mas quis trazer um adversário bom, a vitória foi valorizada. Obrigado a todos. Se a gente não fizer as loucuras, nunca vamos saber quem verdadeiramente somos”, disse Popó.

Popó encerra a carreira aos 42 anos onde conquistou quatro títulos mundiais – pesos super-pena pela Organização e pela Associação Mundial de Boxe e leve pela Organização Mundial de Boxe (duas vezes). O baiano tem em seu cartel 41 vitórias, sendo 34 por nocaute e duas derrotas em 43 lutas.