Alex Pombo e Mariana Silva falam sobre o reforço nos treinamentos para os Jogos Olímpicos Rio-2016


Alex Pombo e Mariana Silva

Alex Pombo e Mariana Silva são judocas do Minas Tênis Clube que representam o Brasil – Foto: Igor Marques

Com foco num bom desempenho nos Jogos do Rio de Janeiro, a Confederação Brasileira de Judô (CBJ) investe na preparação dos atletas no período que antecede o torneio olímpico. Para os judocas, os treinamentos serão fundamentais para os ajustes finais.

Em sua primeira Olimpíada, Alex Pombo, que representa o Brasil na categoria leve, disse que as atividades estão sendo muito produtivas.

“Cada treinamento é uma nova oportunidade para aprimorar minha técnica e trabalhar meu judô. Vamos enfrentar os melhores e precisamos estar em nossa melhor forma. Me dedico para chegar muito forte no Rio e brigar por medalhas”, declarou.

No último mês a delegação realizou atividades em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, em Lauro de Freitas, na Bahia, e no exterior. Esta semana, a equipe entrará em regime de concentração na cidade de Mangaratiba, no Rio de Janeiro. O local e a operação foram montadas pelo Comitê Olímpico do Brasil em parceria com a CBJ e testados em 2015, quando a equipe que lutou os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, se concentrou no mesmo lugar.

“Ficar concentrada, em contato direto com os companheiros e a comissão técnica, me deixa focada para a competição. No último ano fizemos uma atividade parecida e consegui conquistar uma medalha no Canadá. Isso nos dá mais confiança em nossa rotina de preparação. Acredito que vou entrar bem na disputa olímpica para representar o Brasil”, destaca Mariana Silva, da categoria meio-médio, que conquistou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto.

Em Mangaratiba, a seleção terá uma estrutura completa para os treinos, com academia para treinamento físico, equipamento para Levantamento de Peso Olímpico, dojô com três áreas de competição e sistema de amortecimento para quedas, sala de jogos para os momentos de descontração, além de todo o suporte da equipe multidisciplinar da CBJ com fisioterapeutas, médicos, nutricionistas, psicólogas, preparadores físicos e estrategistas. Assim como em 2012, a seleção de judô ficará fora da Vila Olímpica durante a aclimatação. Cada atleta só entrará na Vila Olímpica dois dias antes de competir.

Além de Alex Pombo e Mariana Silva, o Brasil será representado no tatame olímpico por Sarah Menezes (48kg), Erika Miranda (52kg), Rafaela Silva (57kg), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Felipe Kitadai (60kg), Charles Chibana (66kg), Victor Penalber (81kg), Tiago Camilo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Silva (+100kg).