Amanda Nunes atropela Ronda Rousey em apenas 48 segundos e mantém cinturão do UFC


amanda-ainda-campea

Amanda Nunes comemora a maior de vitória de sua carreira, no UFC 207 – Foto: Getty Images

Não deu nem para aquecer. Em sua primeira defesa, Amanda Nunes precisou de apenas 48 segundos para manter o cinturão dos galos feminino (até 61kg) no Brasil. A baiana calar a T-Mobile Arena, em Las Vegas (EUA), ao nocautear Ronda Rousey na luta principal do UFC 207, que aconteceu na última sexta-feira (30).

A luta foi marcada por muita expectativa, já que Ronda Rousey voltava a entrar em ação após pouco mais de um ano fora dos octógonos, mas Amanda Nunes não tomou conhecimento da americana e atropelou a americana com um nocaute técnico aos 48s do primeiro assalto.

“Olha, eu realmente treino muito duro. Eu tenho um time que está comigo, olha esses caras aqui. Todos esses caras na academia fazem de mim uma grande lutadora. Tenho que agradecer a American Top Team. Estou em outro nível hoje. É incrível, a gente conversou porque ela (Ronda) fez muito pelo esporte, ela tem uma história. Mas agora eu sou a campeã. Vocês têm que parar com essas coisas de Ronda Rousey, agora a campeã é a Amanda Nunes”, afirmou a Leoa.

O duelo começou com Ronda Rousey recusando o toque de luvas para cumprimentar Amanda Nunes. A brasileira então resolveu castigar a americana e logo de cara tomou conta da luta, desferindo uma sequência de jabs e diretos certeiros. A ex-campeã tentou frear o ímpeto da baiana que não parava e soltava golpes potentes. Ronda apenas andava para trás tentando se livrar do castigo, mas Amanda acertou vários golpes, obrigando Herb Dean a encerrar o combate com apenas 48 segundos e Rousey nocauteada em pé.

Confira os resultados do UFC 207

CARD PRINCIPAL

Amanda Nunes venceu Ronda Rousey por nocaute técnico aos 48s do 1º round

Cody Garbrandt venceu Dominick Cruz por decisão unânime (48-46, 48-47 e 48-46)

TJ Dillashaw venceu John Lineker por decisão unânime (triplo 30-26)

Dong Hyun Kim venceu Tarec Saffiedine por decisão dividida (29-28, 27-30 e 29-28)

Ray Borg venceu Louis Smolka por decisão unânime (30-26, 30-26 e 30-27)

CARD PRELIMINAR

Neil Magny venceu Johny Hendricks por decisão unânime (triplo 29-28)

Antônio Cara de Sapato venceu Marvin Vettori por decisão unânime (triplo 29-28)

Alex Garcia venceu Mike Pyle por nocaute aos 3m34s do 1º round

Niko Price venceu Brandon Thatch por finalização aos 4m30s do 1º round

A luta entre Tim Means e Alex Cowboy foi julgada sem resultado