Anthony Joshua vence Carlos Takam por nocaute técnico e mantém cinturões dos pesados


Anthony Joshua

Anthony Joshua mantém cinturões dos pesados – Foto: Reuters

Anthony Joshua ainda é campeão mundial de boxe, o britânico manteve os cinturões de campeão mundial dos pesos pesados da Associação Mundial de Boxe e da Federação Internacional de Boxe ao vencer o camaronês Carlos Takam por nocaute técnico no 10º assalto. O duelo foi realizado no último sábado (28) em Cardiff, no País de Gales. Os dois boxeadores se enfrentaram para um público de 78 mil espectadores que compareceram ao Principality Stadium.

Anthony Joshua teve pela frente Carlos Takam que teve somente 11 dias para se preparar, já que o boxeador camaronês entrou de última hora para substituir o búlgaro Kubrat Pulev, que teve uma lesão e abandonou a disputa.

Favorito para o duelo, Anthony Joshua não quis saber de surpesas e dominou o combate mesmo após sofrer um cabeçada acidental no segundo assalto. Carlos Takam foi para cima, mas o britânico colocou uma bela sequência de golpes, que causou um corte no supercílio direito de seu oponente e, posteriormente, levou-o à lona com uma esquerda bem aplicada. Joshua continuou conectando golpes fortes e no décimo assalto após uma sequência de socos, o árbitro Phil Edwards interrompeu a luta. A decisão, contudo, foi contestada tanto pelos fãs quanto pela imprensa.

“Foi uma boa luta até o árbitro parar, por isso tenho o maior respeito por Takam. Não tenho interesse no que houve com os árbitros, esse não é o meu trabalho. Eu acho que as pessoas queriam ver o Takam inconsciente no chão, e era isso que eu estava tentando fazer”, disse Anthony Joshua.

Com o resultado, o inglês campeão olímpico nos Jogos de Londres em 2012 chegou à marca de 20 lutas invicto como profissional. Anthony Joshua deve fazer em 2018 um duelo de unificação de título contra o norte-americano Deontay Wilder, dono do cinturão do Conselho Mundial de Boxe e que luta no próximo sábado (03), em Nova York, contra Bermane Stiverne.