Após ficar de fora dos Jogos Olímpicos Rio-2016, Nathália Brígida se prepara para estar em Tóquio-2020


Nathalia Brigida

Nathalia Brigida foca na classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio – Foto: Orlando Bento

Nathália Brigida não disputou os Jogos Olímpicos Rio-2016, a judoca concorreu a uma vaga com a Sarah Menezes, mas a campeã olímpica dos Jogos de Londres em 2012 levou a melhor e conquistou a vaga na categoria ligeiro (48kg). A paulista lamentou a não classificação, mas para a atleta de 23 anos isso é coisa do passado e agora o principal foco é estar no novo ciclo olímpico visando a disputa dos Jogos de Tóquio, em 2020.

“Eu realmente tive uma fase muito boa no ano passado e no início deste ano. Briguei diretamente por uma vaga nos Jogos Olímpicos, mas infelizmente eu não consegui. A Sarah (Menezes) foi melhor”, disse.

Agora a judoca já pensa na preparação para conseguir a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. Para Nathália Brígida, a preparação começa desde já.

“Acho que isso foi bom para começar a me preparar para um novo ciclo. Tenho meus objetivos formados. Quero estar em Tóquio. E a preparação começa agora”, disse.

Durante o ciclo olímpico para os Jogos do Rio de Janeiro, Nathália Brígida disputou os Jogos Pan-americano de Toronto, no Canadá e conquistou a medalha de bronze. Para a judoca, começar bem o ciclo é importante para chegar ao objetivo final.

“É importante já começar bem, tanto nos campeonatos nacionais quanto internacionais. Levo como uma motivação. As pessoas me veem no futuro, eu também vejo assim. Vou acreditar, continuar treinando. Continuo com a cabeça forte, focada. Se eu competir forte, entrar focada e conseguir os resultados na categoria, o fruto vem. A construção até 2020 passa por esses campeonatos”, disse.