Brasil encerra o Campeonato Mundial de Taekwondo sem medalhas


selecao_brasileira_taekwondo

Taekwondo brasileiro não conquistou medalhas no Campeonato Mundial de Taekwondo – Divulgação

A seleção brasileira de Taekwondo encerrou na última sexta-feira (30) a sua participação no Campeonato Mundial realizado em  Muju, na Coreia do Sul. Com as eliminações de Julia Vasconcelos (até 62kg) e João Pedro Chaves (até 80kg) logo na primeira fase, o Brasil sai da competição sem medalhas.

O Brasil não ficava sem medalhas em campeonato mundial desde o Mundial de Gyeongju, em 2011. Na última edição que foi realizada em 2015, o Taekwondo brasileiro subiu ao pódio duas vezes, uma com Venilton Torres (até 54kg) e outra com Íris Sing (até 46kg), ambos medalha de bronze.

Na Coreia do Sul os melhores desempenhos vieram com Adriano Alves (até 54kg), que perdeu nas quartas de final do italiano Vito Dell’Aquila, que conquistou a medalha de bronze, e de Maicon Siqueira (+87kg), que caiu para Abdoul Issoufou, do Níger nesta mesma fase. O africano também foi o algoz do brasileiro no Rio-2016, quando Maicon faturou o bronze, e agora se sagrou campeão mundial.

Na última sexta-feira (30), Julia Vasconcelos estreou na segunda fase da categoria até 62kg, mas foi derrotada por Gulim Bibalayeva, do Cazaquistão, por 14 a 6, enquanto João Pedro Chaves perdeu para Oleksandr Filippov, de Israel, por 25 a 23, em sua luta de estreia.

País-sede do Mundial, a Coreia do Sul liderou a competição por países no Mundial de Muju com dez medalhas, sendo cinco de ouro, uma de prata e quatro bronzes. Com dois ouros cada, Turquia e Sérvia foram as nações que mais se aproximaram dos anfitriões.