Cris Cyborg defende cinturão contra Holly Holm no UFC 219


Cris Cyborg x Holly HolmApós muitas especulações o Ultimate confirmou na última quinta-feira (16) a primeira defesa de cinturão de Cris Cyborg. A brasileira colocará em jogo o título do peso-pena (até 66kg) contra Holly Holm no UFC 219, que será realizado dia 30 de dezembro em Las Vegas (EUA).

Cris Cyborg fará sua primeira defesa de cinturão, a brasileira se sagrou campeã peso-pena feminino ao nocautear Tonya Evinger no UFC 214. O título estava vago depois que Germaine de Randamie se recusou a encarar a curitibana e fez a companhia destronar a holandesa do posto.

A paranaense está invicta há 12 anos e antes de chegar no UFC foi campeã do Strikeforce e Invicta FC. Cris Cyborg estreou na organização em 2016, mas como a divisão dos penas ainda não existia na organização, a curitibana fez duas lutas em peso casado de 63,5kg onde  nocauteou Leslie Smith e Lina Lansberg. Aos 31 anos, a lutadora soma 18 vitórias e apenas uma derrota, esta em sua primeira luta de MMA, em 2005.

Em sua primeira defesa de cinturão, Cris Cyborg terá pela frente Holly Holm que teve a chance de ser a primeira campeã dos penas, mas foi superada por Germaine de Randamie. A americana terá a chance ser a primeira mulher a conquistar cinturões do UFC em duas categorias diferentes, já que a lutadora foi campeã dos galos (até 61kg) ao nocautear Ronda Rousey. Mas em sua primeira defesa, Holm foi finalizada por Miesha Tate e em seguida perdeu duas lutas consecutivas, porém, se recuperou ao nocautear Bethe Correia com um chute na cabeça no UFC Fight Night 111, que aconteceu em Cingapura no mês de junho. Aos 36 anos, a atleta soma 11 triunfos e três reveses em seu cartel.