Cris Cyborg defende cinturão contra Yana Kunitskaya na luta principal do UFC 222


Cris Cyborg x Yana KunitskayaCris Cyborg já tem data e adversária para a sua segunda defesa do cinturão peso-pena (até 66kg) do Ultimate e não será dessa vez que Amanda Nunes terá a chance de fazer a superluta, já que o presidente da organização, Dana White anunciou na última quarta-feira (07) que a curitibana colocará seu título em jogo contra Yana Kunitskaya na luta principal do UFC 222, que será realizado dia 3 de março, em Las Vegas (EUA).

Dana White fez o anúnicio programa “UFC Tonight” e disse que o confronto entre Cris Cyborg e Yana Kunitskaya foi acertado depois do cancelamento do duelo entre Max Holloway e Frankie Edgar, que encabeçaria esta edição.

Cris Cyborg fará sua segunda defesa de cinturão, a brasileira se sagrou campeã peso-pena feminino ao nocautear Tonya Evinger no UFC 214. O título estava vago depois que Germaine de Randamie se recusou a encarar a curitibana e fez a companhia destronar a holandesa do posto. Na primeira vez que colocou o cinturão em jogo, Cyborg superou Holly Holm, por pontos, no UFC 219, em Las Vegas (EUA).

A paranaense está invicta a 12 anos e antes de chegar no UFC foi campeã do Strikeforce e Invicta FC. Cris Cyborg estreou na organização em 2016, mas como a divisão dos penas ainda não existia na organização, a curitibana fez duas lutas em peso casado de 63,5kg onde nocauteou Leslie Smith e Lina Lansberg. Aos 31 anos, a lutadora soma 19 vitórias e apenas uma derrota, esta em sua primeira luta de MMA, em 2005.

Em sua primeira defesa de cinturão, Cris Cyborg terá pela frente Yana Kunitskaya que já foi campeã peso-galo (até 61kg) do Invicta FC. A russa iria estrear no Ultimate justamente na edição 222, mas contra Leah Leatson. No entanto, Kunitskaya recebeu a chance de disputar o cinturão do UFC. Aos 28 anos, a “Foxy” soma 10 vitórias, três derrotas e uma luta sem resultado.