Dagoberto ‘Jungle Boy’ se destaca na 2ª Copa Allan Cortinhas de Luta Livre Esportiva em Manaus


12500357-36dd-4dda-9122-a3c634dac399

Dagoberto da Costa, o “Jungle Boy”, foi um dos destaques da segunda edição da Copa Allan Cortinhas de Luta Livre Esportiva – Foto: Emanuel Siqueira

Com experiência no MMA amador nos Estados Unidos e México, o amazonense Dagoberto da Costa, o “Jungle Boy”, foi um dos destaques da segunda edição da Copa Allan Cortinhas de Luta Livre Esportiva. A competição bateu todas as metas e reuniu mais de 800 atletas na manhã deste domingo, 17 de julho, na quadra de esportes João do Peso, na Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

Revelado pelo CT Brunocilla (Totonho Aleixo) e atualmente na equipe Hikari (Petrópolis), Dagoberto passou dois anos morando fora, se dividindo entre os Estados Unidos e o México. O striker aproveitou bem a oportunidade e venceu dois combates internacionais de MMA na categoria galo (até 61 kg). De volta a Manaus, ele fez um das superlutas da 2ª Copa Allan Cortinhas.

Aos 23 anos, o faixa marrom de luta livre encarou o faixa preta Eric Macaco num dos combates que parou o público no ginásio. Ao final do confronto, o “Garoto da Selva” levou a melhor sobre o oponente nos pontos.

“Fiquei muito feliz e honrado pelo convite do Allan Cortinhas para fazer essa superluta casada contra o Eric Macaco, que é um adversário muito forte e conhecido aqui no Amazonas. Graças a Deus sai com a vitória”, comentou o campeão.

Dagoberto vive do esporte e treina em três períodos. O lutador tem um convite para voltar ao México e disputar um dos maiores eventos de MMA daquele país.

“O problema é estou esbarrando na falta de patrocínio para bancar a viagem. Enquanto isso, vou buscando meu espaço para lutar nos grandes eventos aqui de Manaus, como o Rei da Selva e o Mr.Cage”, concluiu o “Jungle Boy”.