Darrion Caldwell vence Dudu Dantas e conquista cinturão dos galos no Bellator 184


Darrion Caldwell

Darrion Caldwell comemora a conquista do cinturão – Divulgação Bellator

Darrion Caldwell é o novo campeão peso galo (até 61kg). O americano conquistou o cinturão ao vencer Dudu Dantas por decisão unânime (48-47, 48-47, 50-45) na luta principal do Bellator 184, que aconteceu na última sexta-feira (06) em Thackerville (EUA).

O duelo começou bastante equilibrado e foi Darrion Caldwell que teve o primeiro grande momento ao conectar um chute na linha de cintura que desequilibrou Dudu Dantas. O americano aproveitou e foi para cima e agarrou o brasileiro que se defendia bem, mas o Caldwell não desgrudou do carioca e conectou bons golpes para minar as ações de Dudu. A luta só voltou a ficar em pé no minuto final e na trocação nenhum dos dois foram efetivos.

No segundo round,Darrion Caldwell voltou a investir na luta agarrada, mas Dudu Dantas conseguiu defender a tentativa do americano e passou a dominar o centro do cage, mas não conseguiu aplicar muitos golpes. O brasileiro tentou colocar a luta para baixo, mas o americano encaixou uma boa cotovelada que fez Dudu sentir. O atleta da Nova União se recuperou e acertou um soco rodado bem plástico no final do segundo assalto.

Dudu Dantas entrou no terceiro round tentando ir para cima, mas Darrion Caldwell conseguiu agarrar o brasileiro e levou o duelo para a grade. O brasileiro conseguiu sair da investida e tentou se aproveitar do descuido de Caldwell, mas o desafiante conseguiu se esquivar e mais uma vez agarrou Dudu e ficou na cola do atleta da Nova União até o minuto final do assalto quando conseguiu se livrar e conseguir uma queda. Por cima, o carioca tentou a finalização, mas Darrion se defender.

No quarto round, Dudu Dantas voltou indo para cima, mas Darrion Caldwell mais uma vez conseguiu agarrar e derrubar. O americano não conseguiu ficar muito tempo por cima já que o brasileiro conseguiu inverter a posição e ficou nas costas do desafiante. O atleta da Nova União tentou a finalização, mas Caldwell conseguiu girar e ficar por cima, acertando duras cotoveladas que abriram um sangramento no supercílio de Dudu.

Apesar de estar em desvantagem, Dudu Dantas não partiu para o “tudo ou nada” e esperou o melhor momento para atacar, mas foi Darrion Caldwell que conectou conectou bons chutes nas pernas e no corpo, além de um perigoso direto de esquerda. O golpe acordou o brasileiro que foi para cima, mas o americano frustrou o jogo de Dudu e agarrou nas pernas do atleta da Nova União. Daí em diante, Caldwell apenas administrou a vantagem até o fim da luta.

Darrion Caldwell chegou a segunda vitória consecutiva para se tornou o novo campeão peso-galo do Bellator. Aos 29 anos, o americano agora soma 11 triunfos e apenas um revés na carreira. Já Dudu Dantas perdeu o cinturão pela segunda vez em sua carreira na organização. Antes o brasileiro perdeu o título para Joe Warren em 2014, e o recuperou dois anos depois ao bater Marcos “Loro” Galvão.

John Macapá perde e Leandro Higo vence no card principal

O Bellator 184 não foi bom para os atletas da Nova União já que John Macapá perdeu. O amapaense foi superado pelo ex-campeão peso-pena (até 66kg) Pat Curran por decisão unânime (30-26, 30-27, 29-28).

Mesmo dois anos fora de combate, Pat Curran mostrou porque já foi campeão da categoria e dominou o combate e no primeiro round conseguiu dois knockdowns contra o lutador brasileiro. Nos assaltos seguintes, o duelo foi mais equilibrado, mas o americano levou a melhor sobre John Macapá.

A única vitória brasileira da noite veio com Leandro Higo que conquistou a primeira vitória no Bellator ao superar Joe Taimanglo por decisão unânime (29-28, 30-27, 30-27).

Confira os resultados do Bellator 184

CARD PRINCIPAL

Darrion Caldwell venceu Dudu Dantas por decisão unânime

Emmanuel Sanchez venceu Daniel Straus por finalização a 1m56s do terceiro round

Pat Curran venceu John Macapá por decisão unânime

Leandro Higo venceu Joe Taimanglo por decisão unânime

CARD PRELIMINAR

Manny Muro venceu Emmanuel Rivera por decisão unânime

Sean Holden venceu Shakir McKillip por nocaute técnico aos 4m39s do segundo round

Carrington Banks venceu Steve Kozola por decisão unânime

Chance Recountre venceu Justin Patterson por finalização aos 2m58s do primeiro round

Teagan Dooley venceu DeMarcus Simmons por finalização aos 2m12s do segundo round

Westin Wilson venceu LJ Hermreck por finalização aos 55s do segundo round

Kendall Carnahan venceu Daniel Carey por decisão unânime