Douglas Brose intensifica treinos em Florianópolis com rival argentino visando a temporada 2017 de Karate


Douglas Brose treino

Douglas Brose vem treinando com Franco Recouso – Divulgação

No verão, a cidade de Florianópolis recebe diversos turistas argentinos. Desde o último dia 23 de janeiro, um “hermano” desembarcou na capital catarinense não para curtir as belezas de Floripa, mas sim para treinar e muito. Trata-se do carateca medalhista dos jogos Pan-Americanos, Franco Recouso.

O carateca argentino escolheu Florianópolis por um motivo especial. Afinal é a cidade que reside e treina o maior carateca da história do Brasil, Douglas Brose. Ambos, inclusive, já competiram oficialmente no Pan e acabaram empatando na luta. Diariamente, a dupla vem treinando em dois períodos e ficarão se aperfeiçoando pelo período de duas semanas.

Douglas Brose enaltece os treinamentos com Franco Recouso.

“Vem sendo muito produtivo. Estamos trabalhando muito aspectos técnicos e físicos. É uma espécie de pré-temporada, pois a partir de março o calendário passa a ser intenso no Karatê. Conseguimos com esses treinos entrar em um ótimo ritmo de competição, sendo que neste ano, em julho, terei o World Games”, declarou Brose, que ainda está decidindo se voltará a competir oficialmente em março ou abril.

Um dos embaixadores da campanha que sucedeu na escolha do Karate como esporte olímpico em Tóquio em 2020, Douglas Brose ressalta a importância de trocar experiência com atletas de outros países.

“Hoje a Europa está na frente na América do Sul no Karate, pois lá eles têm essa rotina de treinamentos entre os atletas. Aqui ainda não. O Franco, por exemplo, teve que pedir uma autorização da Federação Argentina para vir treinar comigo. Estamos ajudando a quebrar esse tabu e fazer com que todos do mundo do Karatê entendam que esse intercâmbio é fundamental para o crescimento dos atletas e consequentemente do esporte”, concluiu.