Eduardo Yudi conquista medalha de bronze no Grand Prix de Tunis


Eduardo Yudi bronze

Eduardo Yudi leva o bronze no Grand Prix da Tunísia – Foto: Gabriela Sabau/IJF

O Brasil conquistou mais uma medalha no segundo dia do Grand Prix de Tunis, na Tunísia. O responsável pelo segundo pódio brasileiro foi Eduardo Yudi que entrou em ação no último sábado e conquistou a medalha de bronze na categoria até 81kg.

Eduardo Yudi começou a campanha vencendo o turco Ilker Gulduren, mas na luta seguinte foi superado pelo russo Stanislav Semenov e foi para a repescagem.

Na repescagem, Eduardo Yudi superou australiano Eoin Coughlan e se classificou para a disputa da medalha de bronze. Na disputa pelo terceiro lugar o brasileiro teve pela frente japonês Yuji Yamamoto, que assim como Yudi foi superado por Stanislav Semenov. Eduardo conseguiu aplicar um waza-ari para conquistar a vitória e seu lugar no pódio.
Eduardo Yudi se juntou no pódio a Stanislav Semenov, que conquistou o ouro, ao turco Vedat Albayrak, que ficou com a prata e o japonês Kenya Kohara que levou o outro bronze.

Além de Eduardo Yudi, o Brasil foi representado por Yanka Pascoalino (63kg), Ellen Santana (70kg) e Lincoln Neves (73kg) que perderam logo na estreia e deram adeus à competição.

O Brasil volta a entrar em ação pelo Grand Prix de Tunis no próximo domingo (21), último dia de competições, com Beatriz Souza (+78kg), Rafael Macedo (90kg) e Leonardo Gonçalves (100kg).