Em noite recheada de nocautes, Brasil só ganha uma e Brave coroa dois novos campeões


Campeão Brave

Ottman Azaitar é o novo campeão peso-leve do Brave – Divulgação

Apesar da noite ter sido histórica para o MMA no Oriente Médio, o Brave 9: The Kingdom of Champions não teve bons resultados para os brasileiros envolvidos. Apenas um dos quatro lutadores em ação venceu sua luta: o peso galo Felipe Efrain dominou Nawras Abzakh e nocauteou o adversário com uma linda joelhada voadora. Gesias Cavalcante, Erick Índio Brabo e Michael Deiga-Scheck foram nocauteados por Alan Omer, Abdul-Kareem Al-Selwady e Frans Mlambo, respectivamente.

Nas duas lutas principais do evento, a organização coroou dois novos campeões. Pelo peso galo, o filipino Stephen Loman mostrou excelentes e rápidas mãos e nocauteou o favorito Gurdarshan Mangat. Na luta principal, Ottman Azaitar nocauteou o mexicano Alejandro “Pato” Martínez com um chute frontal no estômago após castigá-lo durante três rounds.

Efrain encanta com joelhada voadora

Em um evento recheado de nocautes – foram 10 em 15 lutas -, o brasileiro Felipe Efrain conquistou uma das vitórias mais brilhantes da noite. Produto da Chute Boxe Diego Lima, o peso galo mostrou todo seu muay thai contra o grappler Abzakh, que não conseguiu colocar o adversário para baixo e tomou muitos golpes duros, principalmente ganchos de esquerda.

Porém, foi a joelhada que apagou Nawras. Após ensaiar com joelhos voadores em algumas oportunidades durante o primeiro round, Efrain aproveitou que o assalto estava nos segundos finais para tentar mais uma vez. Desta vez, a joelhada conectou e deixou Abzakh apagado.

Novos campeões

Na luta co-principal da noite, os pesos galos Gurdarshan Mangat e Stephen Loman buscavam fazer história no peso galo. Melhor para o filipino Loman, que mostrou impressionante rapidez com as mãos, conseguiu resistir aos chutes potentes de “St. Lion” e liquidou a fatura ainda no round inicial, com dois knockdowns que obrigaram o árbitro a interromper o duelo.

No peso leve, Ottman Azaitar mostrou todo seu arsenal ofensivo em pé e melhorias no wrestling e jiu-jitsu defensivos para se tornar o primeiro campeão da categoria no Brave. O marroquino foi testado no chão por Alejandro “Pato” Martínez, mas sobreviveu às tentativas de finalização do ex-TUF América Latina e fechou o show no terceiro round com um lindo chute frontal no estômago de Martínez, que chegou a bater em desistência antes da luta ser interrompida.

Confira os resultados do Brave 9: The Kingdom of Champions

CARD PRINCIPAL

Luta de título peso leve: Ottman Azaitar venceu Alejandro Martínez por nocaute técnico no terceiro round

Luta de título peso galo: Stephen Loman venceu Gurdarshan Mangat por nocaute técnico no primeiro round

Peso meio-médio: Jarrah Al Selawe venceu Carl Booth por decisão unânime

Peso leve: Alan Omer venceu Gesias Cavalcante por nocaute técnico no terceiro round 3

Peso leve: Abdul-Kareem Al-Selwady venceu Erick “Índio Brabo” por nocaute técnico no segundo round

Peso meio-médio: Mohammad Fakhreddine e Tahar Hadbi terminou sem resultado (golpe baixo acidental)

Peso galo: Hamza Kooheji venceu Mohammad Farhad por decisão unânime

CARD PRELIMINAR

Peso galo: Felipe Efrain venceu Nawras Abzakh por nocaute técnico no primeiro round

Peso leve: Ahmed Amir venceu Erik Carlsson por decisão dividida

Peso galo: Frans Mlambo venceu Michael Deiga-Scheck por nocaute técnico no primeiro round

Peso médio: Ikram Aliskerov venceu Jeremy Smith por nocaute técnico no primeiro round

Peso casado: Hardeep Rai venceu Sam Patterson por nocaute técnico no primeiro round

Peso leve: Charlie Leary venceu Daniele Scatizzi por nocaute técnico do terceiro round

Peso galo: Jalal Al Daaja venceu Jeremy Pacatiw por nocaute técnico primeiro round

Peso palha: Haider Farman venceu Atif Mohammed por decisão unânime