Em sua última edição de 2017, NP Fight coloca frente a frente Kaik Brito e Erivan Negão


NP Fight 8O Réveillon já está logo ali, mas se depender do NP Fight a pirotecnia vai começar algumas semanas antes. Isso porque no próximo sábado (16) a organização realiza sua oitava edição regular com um card monstruoso que inclui o embate entre o imbatível prodígio Kaik Brito e o desafiante Erivan “Negão” Pereira.

Falar em faíscas seria pouco. Apesar da pouca idade, Brito – egresso da Black Thai Team e hoje sob tutela de André Dida, na Evolução Thai – tem um cartel perfeito com dez lutas profissionais vitoriosas – isso sem falar nos numerosos triunfos como amador.

A cada passagem do atual campeão até 70 kg da organização pelo cage uma nova marca é estabelecida. E não é por acaso, afinal Kaik é o atleta que mais vezes lutou no NP Fight com seis participações. Ele também faz jus à coroa que carrega já que é também o lutador com o maior número de defesas de título no evento.

Se o currículo do campeão impressiona, a organização do evento tratou de buscar um desafiante à altura e o encontrou em Erivan “Negão”. O brasiliense esbanja predicados já que também tem dez vitórias como profissional, mesmo amargando uma derrota sofrida em fevereiro desse ano na Rússia.

Desde o tropeço, no entanto, foram três triunfos consecutivos. O lutador se orgulha de jamais ter sido derrotado por um adversário goiano e de ter levado apenas 57 segundos para conquistar sua primeira vitória no MMA. Contudo, Kaik se mostra ainda mais acostumado a lutas curtas.

Sem jamais ter lutado um terceiro round, o goianiense definiu todos os seus combates por nocaute ou finalização. Já Erivan, que também tratou de demolir sua parcela de oponentes, tem em seu histórico um maior número de decisões por pontuação.

Em termos proporcionais, o desafiante, que almeja se tornar o segundo brasiliense a conquistar um cinturão no NP Fight Brasil, tem mais experiência que o campeão. Ao todo, Erivan acumula mais de 47 minutos em ação contra apenas 20 do jovem finalizador que hoje reina absoluto no MMA goiano e pretende continuar assim.

Mas o dia promete muito mais pra quem não perde um bom combate. Além da disputa de cinturão, outras oito lutas integram o card da edição que encerra o ano do NP Fight. O show de MMA acontece no Ginásio do Jardim Balneário Meia Ponte, onde as lutas começam a partir das 20h.

Confira o card do NP Fight Brasil 8

Disputa de cinturão 70kg – Kaik Brito x Erivan “Negão”

61kg – Henrique Marques x Bruno Fernandes

61kg – Jonathan “Mineiro” x Raul Marcos

70kg – Jefferson André x Raphael Roosevelt

57kg – João Camilo x Luiz Fernando “Jimme”

70kg – Alessandro Felipe x Alex “Demolidor”

70kg – Gilvan Alves x Cristian Silva

61kg – Ruan de Almeida x João Victor

61kg – Leandro Souza x Ronilson “Piratinha”