Gegard Mousasi nocauteia Vitor Belfort no UFC 204 e chega a terceira vitória consecutiva


mousasi-nocauteia-vitor

Gegard Mousasi acerta um lindo chute em Vitor Belfort – Foto: Getty Images

Gegard Mousasi vive o seu melhor momento dentro do Ultimate e nessa grande fase vem se mostrando um carrasco dos lutadores brasileiros. O iraniano naturalizado holandês, não deu chances a Vítor Belfort e nocauteou o “Fenômeno” aos 2m43s do segundo round emplacando a terceira vitória consecutiva na organização e a terceira sobre lutadores do Brasil.

Antes de enfrentar Vítor Belfort, Gegard Mousasi havia superado Thales Leites e Thiago Marreta, com isso o iraniano naturalizado holandês entrou disposto a emplacar a terceira vitória sobre um lutador brasileiro e ao contrário do que se esperava, Mousasi adotou uma postura ofensiva desde o início do combate, encurtando a distância e encurralando o brasileiro na grade. O holandês acertou os melhores golpes em um primeiro round sem grandes momentos contundentes.

No segundo round, o ritmo continuou parecido, e com um chute alto, Mousasi desestabilizou o brasileiro. Acuado, Vitor foi vítima de uma sequência arrasadora de golpes e acabou sendo nocauteado no ground and pound.

“Ele é uma lenda, lutar contra ele é uma honra. Gosto muito do Vitor, ele é um cara muito legal, além de ser um grande atleta. Ele tem um chute muito bom de esquerda, mas ele não viu meu chute entrando. E quando consigo encaixar, vou muito bem”, elogiou Gegard Mousasi, que desafiou mais um brasileiro, dessa vez, o ex-campeão dos médios (até 84kg), Anderson Silva.

“Quero lutar logo de novo. Anderson Silva é uma boa luta para mim”, afirmou.

Com a vitória, Gegard Mousasi chegou a sua terceira vitória consecutiva e sobre lutadores brasileiros a última derrota do naturalizado holandês foi para Uriah Hall. Mousasi chegou a sua sétima vitória no UFC, contra três derrotas. Aos 31 anos, o lutador soma 40 vitórias, seis derrotas e dois empates. Já Vítor Belfort chegou a segunda derrota consecutiva, antes o “Fenômeno” havia perdido o duelo brasileiro contra Ronaldo Jacaré no UFC 198. Vítor não vem atravessando boa fase, nas últimas quatro lutas, venceu apenas uma contra Dan Henderson.