Jéssica Pereira conquista medalha de ouro no Grand Prix de Túnis


Jéssica Pereira ouro

Jéssica Pereira exibe medalha ouro no pódio – Foto: IJF

Jéssica Pereira garante a primeira medalha de ouro para o Brasil no Grand Prix de Túnis, na Tunísia. Na última sexta-feira (19), a meio-leve (52kg) brasileira conquistou o lugar mais alto do pódio ao vencer na final a campeã mundial junior em 2015, Distria Krasniqi, do Kosovo.

A carioca fez uma campanha irretocável, onde enfileirou as adversárias na Tunísia vencendo todas as suas quatro lutas por ippon, a pontuação máxima do judô.

Jéssica Pereira estreou na competição nas oitavas de final e derrotou a tunisiana Wejdane Hedhli por imobilização. Em seguida, a atleta de 23 anos passou pela britânica Chelsie Giles com dois waza-aris que, pela nova regra, equivalem ao ippon e avançou à semifinal para derrubar a japonesa Mai Kose.

Na decisão pelo ouro, Jéssica Pereira teve pela frente a campeã mundial junior em 2015, Distria Krasniqi, mas a brasileira não intimidou e foi mais agressiva para conseguir duas projeções por waza-ari, novamente finalizando o combate por ippon.

Em entrevista para a CBJ, Jéssica Pereira comemorou a conquista do título e o bom desempenho no Grand Prix de Túnis.

“Estou muito feliz com meu desempenho na competição. Ganhei todas as lutas por ippon e estou muito feliz de ter começado o ano com o pé direito, somando importantes pontos no Ranking Mundial”, comemorou Jéssica.

O Brasil também foi representado no primeiro dia do Grand Prix de Túnis por Daniel Cargnin (66kg) e Ketelyn Nascimento (57kg). O campeão mundial júnior do ano passado estreou na competição vencendo o turco Cengizhan Donmez por ippon, mas na luta seguinte foi superado pelo japonês Taroh Fujisaka depois de ser punido três vezes, Já Ketelyn estreou na competição com vitória Nesria Jlassi, da Tunísia, por um waza-ari, mas na luta seguinte foi superada pela a espanhola Jaione Equisoain nas oitavas.

O Judô brasileiro volta a entrar em ação no Grand Prix de Túnis no próximo sábado (20) com Yanka Pascoalino (63kg), Ellen Santana (70kg), Lincoln Neves (73kg) e Eduardo Yudy Santos (81kg).