Jon Jones é flagrado em exame antidoping e deve perder o cinturão do UFC


Jon Jones careta

Jon Jones mais uma vez é flagrado em exame antidoping – Divulgação

Jon Jones mais uma vez é flagrado em exame antidoping realizado pela USADA  (Agência Antidoping dos Estados Unidos). A notícia foi divulgada na última terça-feira (22) pelo site TMZ Sports e em seguida confirmada pelo UFC. O exame foi realizado um dia antes da vitória por nocaute sobre Daniel Cormier no UFC 214.

De acordo com o site amercano, Jon Jones testou positivo para turinabol, substância utilizada para ganhos de massa muscular. O americano está provisoriamente suspenso e deve perder o cinturão dos meio-pesados do UFC.
Esta não é a primeira vez que Jon Jones é flagrado em um exame antidoping realizado pela USADA. Em 2016, o americano foi retirado do UFC 200, faltando dois dias para enfrentar Daniel Cormier, ao ser flagrado por uso de hidroxiclomifeno e Letrozole, dois bloqueadores de estrogênio. Jones levou uma suspensão de 12 meses.

Caso se confirme, será a terceira vez que Jon Jones terá o cinturão cassado, Em 2015, após ser flagrado com cocaína e admitir o vício na droga, “Bones” chegou a ser preso ao se envolver em um acidente automobilístico quando seu carro colidiu com o de uma mulher grávida, o lutador fugiu sem prestar socorro a vítima, que sofreu fratura no braço.

Jon Jones retornou em 2016 e conquistou o cinturão interino dos meio-pesados ao vencer Ovince Saint Preux, mas o americano teve mais uma vez seu título cassado ao ser flagrado em exame antidoping por uso de anabolizantes. Como é reincidente, Jones pode pegar até quatro anos de gancho.

Confira a nota oficial divulgada pelo UFC

O UFC foi notificado nesta terça-feira que a USADA (Agência Americana Antidoping) informou Jon Jones sobre uma possível violação da política antidopagem derivada de uma amostra coletada após a sua pesagem em 28 de julho de 2017.

A USADA, administradora independente da Política antidopagem do UFC, será responsável pela gestão dos resultados e a adjudicação apropriada deste caso envolvendo Jones, em conexão com a Política Antidopagem do UFC e a futura participação do UFC. De acordo com a Política Antidopagem do UFC, existe um processo legal completo e justo que é concedido a todos os atletas antes de serem impostas quaisquer sanções. A Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC) também mantém a jurisdição sobre este assunto, uma vez que a coleta de amostras foi realizada no dia anterior da luta de Jones no UFC 214, em Anaheim. O Estado da Califórnia e a USADA trabalharão para garantir que o CSAC tenha as informações necessárias para determinar o julgamento adequado da possível violação da política antidoping de Jones.

Informações adicionais serão fornecidas no momento apropriado à medida em que o processo avançar.