Jon Jones é suspenso por um ano após ser flagrado no doping


UFC 135: Jones v Rampage - Press Conference

Jon Jones recebeu gancho de um ano afastado dos cages – Divulgação

Jon Jones está suspenso por um ano após ter sido flagrado em um exame antidoping surpresa pouco antes da luta que faria no UFC 200, em julho. A sentença da USADA (Agência Antidoping dos EUA) saiu na última segunda-feira (07) e o americano pegou um gancho retroativo ao dia que foi pego, com isso o ex-campeão dos meio-pesados (até 93kg) poderá voltar a entrar em ação em junho de 2017.

O americano foi o primeiro atleta a recorrer à arbitragem com a USADA desde que o UFC fechou a parceria com o órgão no ano passado. No julgamento, Jon Jones argumentou que que ingeriu uma pílula contaminada para melhora de desempenho sexual, e a USADA confirmou que o comprimido estava adulterado. Mas a estratégia de “Bones” não deu certo, já que a arbitragem considerou que o norte-americano não tomou o cuidado suficiente com o remédio.

No julgamento, os árbitros decidiram que Jon Jones deveria ter a punição máxima que estava prevista pelo regulamento, levando em conta o tipo de substância que foi detectada.

Jon Jones iria entrar em ação na luta principal do UFC 200 para fazer a revanche contra Daniel Cormier em duelo válido pela unificação dos cinturões dos meio-pesados, mas com a notícia do doping “Bones” foi retirado em cima da hora.