Karate entra no programa dos Jogos Olímpicos da Juventude em 2018


karate

Karate entrará nos Jogos da Juventude na modalidade kumite – Foto: Arte Marciales El Sendero

Após garantir a inclusão nas Olimpíadas de Tóquio em 2020, o Karate também fará parte programa dos Jogos Olímpicos da Juventude que acontecerá na cidade de Buenos Aires em 2018. As inclusões foram aprovadas na última terça-feira (13) em Lausanne, na Suíça, pela Comissão Executiva do Comitê Olímpico Internacional (COI), no primeiro dos três dias de reuniões.

Além do Karate foram incluídos nos Jogos Olímpicos da Juventude a escalada, que também estará nas Olimpíadas de Tóquio em 2020, e o breakdance, que farão parte da edição que acontecerá na capital argentina em 2018.

O caratê entrará nos Jogos da Juventude na modalidade kumite, com 24 meninos e 24 meninas. A escalada será incluída no programa com uma prova combinada e 20 participantes por sexo. Já o breakdance estreará com uma competição por eliminatórias, também com 20 inscritos de cada gênero.

Os Jogos Olímpicos da Juventude reúnem atletas de 14 e 18 anos. A Comissão Executiva do COI também aprovou os sistemas de classificação para futsal e ginástica acrobática.

Além disso, o órgão de governo do COI decidiu dar reconhecimento a dois esportes, o muay thai e animação de torcida. A Federação Internacional de Muay Thai Amador reúne 135 federações nacionais, enquanto a União Internacional de Animadores de Torcida conta com cerca de cem federações.

Como estabelecem as regras do COI, o reconhecimento de uma federação é feito de maneira provisória para um prazo de três anos. Em qualquer momento desse período o reconhecimento pode passar a ser definitivo.

Isto é um passo necessário, mas não suficiente, para que no futuro esse esporte faça parte dos Jogos Olímpicos. No entanto, já permite o benefício dos programas de ajuda do COI. Cada uma das novas federações reconhecidas receberá US$ 25 mil ao ano do COI para programas de desenvolvimento.