Maria Portela vence medalhista olímpica e conquista o bronze no Grand Slam de Abu Dhabi


Maria Portela bronze

Maria Portela comemora a conquista do bronze – Reprodução

Após três medalhas de prata no primeiro dia, o Judô brasileiro subiu mais uma vez no pódio do Grand Slam de Abu Dhabi e a responsável pela conquista foi Maria Portela que levou o bronze do peso médio (até 70kg) na última sexta-feira (27) ao vencer a alemã Laura Vargas Koch por ippon de imobilização.

Maria Portela chegou a competição como cabeça de chave por ser a sétima do ranking mundial e já estreou na segunda rodada, contra a russa Valentina Maltseva. A brasileira não deu chances para a adversária e venceu por ippon. Nas quartas de final, a gaúcha abriu um waza-ari de vantagem contra Miriam Butkereit, mas acabou imobilizada até o ippon pela alemã.

Na repescagem, Maria Portela se recuperou e venceu Lola Mansour por ippon após  a belga sofrer três punições e ser desclassificada da luta. Na disputa pelo bronze a gaúcha encarou a medalhista olímpica Laura Vargas Koch, bronze no Rio 2016. A brasileira dominou a alemã e conseguiu dois waza-aris antes da imobilização que selou a medalha para a “Raçudinha”,

“Estou muito feliz pelo meu resultado. Acredito que a minha postura durante a competição foi muito importante. Mesmo perdendo uma luta que eu estava ganhando eu consegui reverter e buscar a medalha. Claro que poderia ter sido melhor, mas estou muito contente com a minha atitude durante os combates”, avaliou Maria Portela.

Além de Maria Portela, o Brasil foi representado por mais quatro atletas que não avançaram às disputas por medalhas. Eduardo Yudi (81kg) estreou com vitória sobre o polonês Damian Szwarnowiecki, mas parou no mongol Dagvasuren Nyamsuren.  Alex Pombo (73kg) entrou na segunda rodada, mas parou no vice-campeão olímpico Rustam Orujov do Azerbaijão e Lincoln Neves (73kg) também perdeu ao ser superado pelo o uzbeque Khikmatillokh Turaev após levar três punições. Já  Barbara Timo (70kg) conseguiu um waza-ari contra Kim Polling, mas foi imobilizada até o ippon pela holandesa, também em sua primeira luta.

O Brasil volta a entrar em ação no Grand Slam de Abu Dhabi no próximo sábado (28) com  Samanta Soares (78kg), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Beatriz Souza (+78kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Macedo (90kg), Rafael Buzacarini (100kg) e Rafael Sivla “Baby” (+100kg).