Mayra Aguiar, Maria Suelen Altheman e Beatriz Souza ficam com o bronze no último dia do Grand Slam de Abu Dhabi


Mayra Aguiar bronze

Estreando o backnumber vermelho de campeã mundial, Mayra Aguiar ficou conquistou o bronze – Divulgação/IJF

No último dia de competições do Grand Slam de Abu Dhabi, o judô brasileiro faturou mais três medalhas. No último sábado (28), Mayra Aguiar (78kg), Maria Suelen Altheman (+78kg) e Beatriz Souza (+78kg) ficaram com o bronze e o Brasil encerrou a competição com sete medalhas: três pratas e quatro bronzes.

Estreando o backnumber vermelho, a bicampeã mundial Mayra Aguiar estreou na competição com vitória sobre a alemã Luise Malzahn por ippon na primeira luta e já avançou diretamente à semifinal. Na disputa por uma vaga na final, a gaúcha teve pela frente a experiente holandesa Marhinde Verkerk, vice-campeã mundial em 2013, Mayra forçou duas punições à adversária, mas acabou sofrendo três, uma delas no golden score, sendo derrotada e indo para a disputa do bronze.

Na disputa por um lugar no pódio, Mayra Aguiar teve pela frente a russa Antonina Shmeleva e levou a melhor por um waza-ari para garantir seu terceiro pódio consecutivo neste ano (Ouro no Grand Prix de Cancún e ouro no Mundial de Budapeste).

No peso-pesado (+78kg), o Brasil subiu no pódio com Maria Suelen Altheman e a jovem de apenas 19 anos, Beatriz Souza. Maria Suelen conquistou a medalha de bronze ao vencer Jasmin Kuelbs, por um waza-ari, já Beatriz faturou o outro bronze ao superar a russa Ksenia Chibisova e conquistou sua primeira medalha em Grand Slam.

O Brasil também entrou em ação no último dia do  Grand Slam de Abu Dhabi com Rafael Macedo (90kg), Eduardo Bettoni (90kg), Rafael Buzacarini (100kg), Rafael Silva (+100kg) e Samanta Soares (78kg), que não avançaram para as disputas de medalhas.

As próximas competições da seleção brasileira de judô serão o tradicional Grand Slam de Tóquio, de 02 a 03 de dezembro, e o World Judo Masters, de 16 a 17 de dezembro.