Medalha de ouro no 20º Budapest Open, carateca Douglas Brose avalia passagem pela Europa e projeta retorno em outubro


Douglas Brose na Europa

Douglas Brose conquistou no sábado (16) a medalha de ouro no 20º Budapest Open – Foto: Jakub Škoda

O terceiro-sargento do Exército Brasileiro, Douglas Brose, encerrou em grande estilo sua passagem pela Europa. O lutador conquistou no sábado (16) a medalha de ouro no 20º Budapest Open.

Este foi o primeiro ouro do carateca no torneio. Em 2011 Brose disputou a mesma competição e ficou com o bronze. Para chegar ao topo do pódio, o atleta derrotou na primeira luta Gogolosi Bogdan (Romênia), na sequência Kiss Andras (Hungria), Palhomov Oleksandr (Ucrânia) e, nas duas últimas, venceu o brasileiro Gabriel Stankunas.

“Fiquei muito feliz pela conquista, até porque era uma medalha que me faltava, por isso essa foi especial. Além disso, foi mais uma ótima oportunidade para colocar em prática tudo o que eu vinha treinando, pude aproveitar para ver o que deu certo e também o que não deu certo para aprimorar nas próximas competições. Mas no geral, o saldo é bastante positivo, estou satisfeito”, avaliou o capitão da Seleção Brasileira de karatê.

Desde o dia 5 deste mês na Europa, Brose retorna ao Brasil com uma medalha de prata, na etapa da Alemanha da Karate1 Premier League, além do ouro no último final de semana, na Hungria. O lutador faz um balanço dessa passagem e já projeta seu retorno no próximo mês.

“Sem dúvidas foi uma viagem muito proveitosa. Além das medalhas nas competições disputadas, foi importante esse período para treinar com outros atletas. Vou embora mas volto daqui algumas semanas, no início de outubro, para disputar outra etapa da Liga Mundial, dessa vez em Salzburg, na Áustria”, concluiu.