Michael Bisping substitui Anderson Silva e enfrenta Kelvin Gastelum no UFC Fight Night 122


Michael Bisping x Kelvin GastelumApós a saída de Anderson Silva a organização do Ultimate agiu rápido e já definiu quem será o novo adversário de Kelvin Gastelum. O brasileiro foi substituído por outro ex-campeão dos pesos-médios (até 84kg), o inglês Michael Bisping que vai enfrentar o americano na luta principal do UFC Fight Night 122, que será realizado dia 25 de novembro em Xangai, na China. O anúncio foi feito no último sábado (11) durante o UFC Fight Night 120 que aconteceu em Norfolk (EUA).

Michael Bisping entra no lugar de Anderson Silva que foi suspenso preventivamente por potencial violação da política antidoping. O inglês entra em ação após perder o cinturão para Georges St-Pierre no UFC 217, mas para entrar em ação Bisping terá que passar por exames e receber liberação de um médico, após levar 30 dias de suspensão médica da Comissão Atlética do Estado de Nova York (NYSAC, na sigla em inglês) depois da luta contra GSP no dia 4 de novembro.

Essa será a segunda vez que Michael Bisping irá lutar na China, o britânico enfrentou Cung Lee em 2014 na edição que aconteceu em Macau e Bisping levou a melhor por nocaute técnico. Aos 38 anos, o inglês é um dos atletas com maior tempo dentro da organização, acumulando 27 lutas no octógono. Ao todo, Bisping possui 30 vitórias e oito derrotas em seu cartel.

Kelvin Gastelum vem de resultado negativo onde foi finalizado por Chris Weidman na luta principal do UFC on Fox 25, que aconteceu em julho. A derrota quebrou a sequência invicta do americano que havia superado Johny Hendricks e Tim Kennedy, Gastelum também venceu Vitor Belfort, mas como foi flagrado no exame antidoping, o resultado foi revertido para “No Contest”. O atleta da Kings MMA participou da 17ª edição do TUF, onde se sagrou campeão do  reality show do UFC, nos meio-médios (até 77 kg), mas após dificuldades de bater o limite da categoria, o lutador decidiu subir para a divisão de médios (até 84kg) e está invicto. Aos 25 anos, Gastelum soma 13 vitórias, três derrotas e uma luta sem resultado em seu cartel.