Ryan Bader não dá chances e vence novamente Rogério Minotouro em revanche no UFC Fight Night 100 em São Paulo


UFC Fight Night: Bader v Nogueira 2

Ryan Bader não deu chances a Rogério Minotouro na luta principal do UFC Fight Night 100 em São Paulo – Foto: Getty Images

Rogério Minotouro e Ryan Bader entram em ação no último sábado (19) para a luta principal do UFC Fight Night 100, que aconteceu em São Paulo para uma revanche e assim como no primeiro confronto, mais uma vez deu Bader. Em sua última luta do contrato com o Ultimate, o americano não deu chances ao brasileiro e venceu por nocaute técnico aos 3m51s do terceiro round.

Os dois lutadores se enfrentaram em 2010 e Ryan Bader levou a melhor por decisão unânime. Rogério Minotouro entrou no combate disposto a fazer um resultado diferente na revanche, mas o americano anulou as chances do brasileiro usando sua grande força no wrestling ao derrubar o baiano após aplicar o double leg. Por cima, o “Darth Bader” trabalhou na meia-guarda e desferiu cotoveladas duríssimas ao dominar o braço de Minotouro, que apenas resistia ao castigo.

No segundo round, o domínio de Ryan Bader continuou e após conectar golpes na linha de cintura e no rosto, o americano mais uma vez derrubou Minotouro, que se levantou, mas logo em seguida foi quedado de novo. Por cima Bader continuava castigando o brasileiro que novamente apenas resistia e no final por pouco não foi finalizado.

Rogério Minotouro conseguiu resistir ao castigo até o terceiro round e após conectar cotoveladas no rosto e na linha de cintura, o árbitro Mario Yamasaki interrompeu o duelo.

Após a vitória, Ryan Bader falou sobre a renovação com o UFC, já que o confronto era o último de seu contrato e falou sobre a vontade de lutar pelo cinturão dos meio-pesados (até 93kg).

“Tenho conversado com o UFC, vou renovar, e não vejo ninguém mais merecedor que eu no top 5. É isso (disputa de cinturão) que estou almejando – disparou Bader.

Confira os resultados do UFC Fight Night 100

CARD PRINCIPAL

Ryan Bader venceu Rogério Minotouro por nocaute técnico aos 3m51s do 3º round

Thomas Almeida venceu Albert Morales por nocaute técnico a 1m37s do 2º round

Cláudia Gadelha venceu Cortney Casey por decisão unânime (triplo 30-27)

Krzysztof Jotko venceu Thales Leites por decisão unânime (29-27, 30-27, 30-27)

Kamaru Usman venceu Warlley Alves por decisão unânime (29-27, 30-26, 29-28)

Serginho Moraes venceu Zak Ottow por decisão dividida (30-27, 28-29, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Cézar Mutante venceu Jack Hermansson por finalização aos 2m11s do 2º round

Gadzhimurad Antigulov venceu Marcos Pezão por finalização a 1m07s do 1º round

Johnny Eduardo venceu Manny Gamburyan por nocaute técnico aos 46s do 2º round

Luis Henrique KLB venceu Christian Colombo por finalização aos 2m12s do 3º round

Pedro Munhoz venceu Justin Scoggins por finalização a 1m55s do 2º round

Darren Stewart venceu Francimar Bodão por nocaute técnico a 1m34s do 1º round