Seleção é definida no Grand Slam de Taekwondo que aconteceu no Rio de Janeiro


Seleção de Taekwondo

Dos 16 atletas da equipe de 2016, apenas seis conseguiram manter a titularidade para este ano – Divulgação CBTKD

O Taekwondo brasileiro definiu no último fim de semana os atletas vão representar o Brasil nas principais competições de 2017. A seleção foi definida no Grand Slam de Taekwondo que aconteceu no Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes (CEFAN) no Rio de Janeiro.

Dos 16 atletas da equipe 2016, se mantiveram como titulares apenas seis, dando lugar a outros talentos que já vinham se destacado no Taekwondo brasileiro.

Raphaella Galacho (-73Kg), Milena Titoneli (-67Kg),Talisca Reis (-49Kg) e Edival Marques (-68Kg) foram os atletas que mantiveram suas titularidades na Seleção 2017, juntamente com a atleta olímpica Julia Vasconcelos (-62Kg), e com o medalhista olímpico Maicon Siqueira  (+87Kg), que foi novamente homenageado pelo seu bronze no Rio 2016.

Entre os atletas que mantiveram suas posições na Seleção, o maior destaque de ontem foi Edival Marques que, após a conquista de vários títulos na categoria Juvenil, busca agora repetir a história na categoria -68Kg do Adulto. Depois de conquistar o Sulamericano Juvenil em 2013, Edival foi, ineditamente, campeão mundial e olímpico no Juvenil Masculino,  em 2014, portando uma enorme bagagem nessa categoria. No Adulto, conquistou o título de vice-campeão Panamericano em 2016, a serviço da Seleção, e agora pretende continuar a renovar seus títulos Juvenis no Adulto.

“É sempre bom se manter na Seleção, estou muito feliz. Embora seja difícil chegar, é muito mais difícil se manter. Quero repetir os títulos que conquistei como Juvenil na categoria Adulto. Quero aproveitar essa experiência internacional e chegar no Campeonato Mundial para ser um dos mais novos campeões mundiais. É isso que me empolga e, embora até agora o foco fosse o Grand Slam, já estou me preparando para o Mundial, já só penso nisso”, declarou Netinho, como é conhecido no meio Taekwondo.  A participação nacional no Campeonato Mundial Adulto de Taekwondo terá o apoio do Comitê Olímpico do Brasil, conforme já foi anunciado pela entidade.

Dos novos atletas que entraram como titulares, Leonor Dias, da categoria Feminino -53Kg, era uma das mais radiantes por ter conquistado sua chance de representar o Brasil numa competição do naipe do Mundial . Após mais de dez anos a competir a nível nacional e de já ter sido reserva da Seleção, Leonor, que hoje tem 26 anos, finalmente conseguiu alcançar o objetivo de ser titular.

“Estou muito feliz pelo meu resultado, pois é a primeira vez que consegui a titularidade da Seleção. Já tinha sido reserva, mas nunca tinha chegado tão longe. Agora estou com foco no Mundial e, apesar de ter participado de alguns campeonatos abertos,  entendo que o Mundial tem outro nível. Porém, apesar de ser difícil, vou treinar muito e dar o meu melhor para conseguir um grande resultado”, declarou a atleta de Uruguaiana – RS, que, desde 2013 , treina em Santos- SP.

Além da Seleção Adulta, o Grand Slam formou também as Seleções Cadete e Juvenil que, em 2017 terão várias competições internacionais para disputar. Campeonato Mundial Cadete (24 a 27 de agosto, no Egito), Campeonato Panamericano Cadete e Juvenil (29 a 31 de agosto, na Costa Rica) e Jogos Sulamericanos da Juventude (28 de setembro a 8 de outubro , no Chile) são os principais eventos para estas categorias, nos quais o Brasil já alcançou resultados relevantes em edições anteriores.