Thomas Almeida e Francimar Bodão perdem e Brasil sai do UFC 220 sem vitória


Gian Villante vence Francimar Bodão

Gian Villante venceu Francimar Bodão por decisão dividida – Foto: Getty Images

O Brasil segue sem vencer no Ultimate em 2018, após Alexandre Pantoja e Gleison Tibau perderem no card preliminar do UFC 220, que foi realizado no último sábado (20) em Boston (EUA), Thomas Almeida e Francimar Bodão entraram em ação no card principal e também não conseguiram vencer.

Thomas Almeida teve pela Rob Font e iniciou bem o duelo onde teve uma leve superioridade no primeiro round. Mas no segundo asssalto, o americano passou a mandar na luta acertar um direto de direita levando o brasileiro knockdown. Daí para frente, Font castigou Thominhas até a interrupção do árbitro.

O brasileiro chegou a segunda derrota consecutiva e a terceira nas últimas quatro lutas. Já Rob Font se recuperou da derrota sofrida contra Pedro Munhoz em outubro do ano passado.

Em seguida foi a vez de Francimar Bodão entrar em ação no UFC 220 e teve pela frente Gian Villante. O brasileiro não teve uma grande atuação sendo dominado durante os três rounds e no final foi superado por decisão dividida (30-27, 28-29 e 30-27).

A derrota foi a segunda consecutiva de Francimar Bodão que agora tem 19 vitórias, sete reveses e um “No Contest” (luta sem resultado). Já Gian Villante, que vinha de dois resultados negativos, agora tem cartel de 16 triunfos e nove derrotas.