Wanderlei Silva enfrenta Chael Sonnen na luta principal do Bellator 180


sonnen x wanderlei

Wanderlei Silva e Chael Sonnen serão atração principal do Bellator 180 em Nova York – Foto: Getty Images

Após muitas provocações onde chegaram a ir as vias de fato no TUF Brasil 3, Wanderlei Silva e Chael Sonnen vão poder tirar as diferenças, mas o confronto não será no UFC, e sim no Bellator que confirmou na última segunda-feira (20) o duelo que será atração principal da edição 180, programada para o dia 24 de junho no lendário Madison Square Garden, em Nova York (EUA).

O anúncio foi feito por Scott Coker,o CEO também confirmou que o Bellator 180 será o segundo evento da história da companhia a ter venda de pacotes de pay per view nos Estados Unidos. Para a edição, Coker prometeu montar o melhor card da história da organização.

“Sempre dissemos que quando viéssemos para Nova York, traríamos o maior e melhor card de lutas que já tivemos na história desta companhia. Nosso elenco está robusto o suficiente e sentimos que é hora de entrar no negócio dos pay per views, então aqui vamos nós”, disse.

Wanderlei Silva e Chael Sonnen foram treinadores do TUF Brasil 3 e os dois lutadores iriam se enfrentar no final do reality show, mas o confronto não aconteceu por problemas fora do octógono. O brasileiro não foi encontrado para exames antidoping e acabou envolvendo-se uma briga judicial com o UFC até ser liberado pela companhia. Já Chael Sonnen foi flagrado nos testes e foi suspenso e saiu do Ultimate.

Wanderlei Silva voltará a lutar após quatro anos sem entrar em ação, a última luta de Wand foi em março de 2013, quando nocauteou Brian Stann. Em 2014, o “Cachorro Louco” anunciou aposentadoria após a Comissão Atlética de Nevada (NAC) o banir do esporte por se recusar a se submeter a um exame antidoping. Mas após novo julgamento, o brasileiro teve a pena revista e levou uma suspensão por três anos. O brasileiro voltaria a lutar em em dezembro do ano passado no Rizin, contra Mirko Cro Cop, mas se machucou. Aos 40 anos, Wanderlei soma 35 vitórias, 12 derrotas, um empate e uma luta sem resultado.

Já Chael Sonnen vem de derrota para Tito Ortiz no Bellator 170, mas o falastrão americano também vinha de um longo período de inatividade, já que não atuava desde dezembro de 2013, quando perdeu para Rashad Evans no UFC 2007.