Wanderlei Silva enfrenta Kazushi Sakuraba em duelo de submission no Rizin FF


Wanderlei Silva e Kazushi Sakuraba

Após três combates no MMA, Wanderlei Silva e Kazushi Sakuraba se enfrentam em duelo de Submission – Divulgação

Após se enfrentarem três vezes pelo Pride, Wanderlei Silva e Kazushi Sakuraba vão duelar novamente, mas agora em outra modalidade. Durante coletiva de imprensa em Nagoya, no Japão, a organização do Rizin Fighting Federation anunciou o duelo entre os dois lutadores, para a segunda edição do evento japonês, marcado para o dia 17 de abril, mas dessa vez não será no MMA e sim em um combate de Submission.

Wanderlei Silva e fará um duelo 2 x 2 contra os japoneses Kazushi Sakuraba e Hideo Tokoro. O lutador que fará dupla com o “Cachorro Louco” ainda não foi anunciado, mas provavelmente será André Dida.

O presidente do Rizin, Noboyuki Sakakibara não deu detalhes sobre o duelo e disse apenas que apenas que era uma “luta agarrada com regras extremas”.

Wanderlei Silva volta a lutar após três anos sem entrar em ação, a última luta de Wand foi em março de 2013, quando nocauteou Brian Stann. Em 2014, o “Cachorro Louco” anunciou aposentadoria após a Comissão Atlética de Nevada (NAC) o banir do esporte por se recusar a se submeter a um exame antidoping. Mas após novo julgamento, o brasileiro teve a pena revista e levou uma suspensão por três anos.

A punição vale para o estado de Nevada, nos EUA, e para os demais estados e territórios que honrem as medidas da Comissão, que não supervisiona as lutas no Japão, por isso Wanderlei pode entrar em ação pelo Rizin.

Wanderlei Silva e Kazushi Sakuraba se reencontrarão mais uma vez, os dois já se enfrentaram três vezes pelo extinto Pride e o brasileiro sempre levou a melhor.

Kazushi Sakuraba esteve na coletiva e disse que está disposto a encarar mais uma vez Wanderlei Silva. O japonês entrou em ação na primeira edição do Rizin e foi derrotado por Shinya Aoki. Além do combate, também foi anunciadas as lutas entre o peso-médio Hisaki Kato, do Bellator, e Yuta Uchida, e entre a peso-palha Rena Kubota e Hisaki Kato.