Wendell Negão fala sobre o duelo contra Antônio Trócoli no XFCi 13 e sua passagem pelo UFC


Thiago Duval 

Wendell Negão XFC

Wendell Negão encara Antônio Trócoli no XFCi 13 – Foto: Thiago Duval

Wendell Negão está de volta ao cages. Após passagem pelo UFC o carioca encara Antônio Trócoli pelo XFCi 13, no próximo sábado (05), em São Paulo. Será a primeira luta do atleta de 32 anos após passagem pelo Ultimate.

O atleta da War Machine esteve no último sábado (28) no Jungle Fight 83 como corner de seu companheiro de equipe, Reinaldo Mudo. Durante a pesagem, que aconteceu na última sexta-feira (27), Wendell Negão conversou com a reportagem do Lutas Esporte Clube e falou sobre a preparação para o XFC e sua passagem pelo UFC.

“Estou me preparando bem e estou bem focado, graças a Deus. O peso está bem legal, o atleta que eu vou lutar é bastante alto, mas isso não vai dificultar em nada, já que meu treinamento é muito forte e dessa vez estou com a cabeça bem diferente do que na última luta que eu fiz. Tenho certeza que vai dar tudo certo e eu vou buscar o resultado positivo logo no primeiro round”, analisou.

Para o combate contra Antônio Trócoli, Wendell Negão estou bem o adversário e espera que um grande combate no XFCi 13.

“Eu vi algumas lutas dele pela internet e fiquei sabendo um pouco mais sobre ele, sei que ele é um cara muito duro, um atleta que está invicto e com boas apresentações dentro dos eventos nacionais. Tenho certeza que ele vai fazer uma boa luta comigo e vamos dar um grande show para a galera”, disse.

Wendell Negão vem de derrota por nocaute para Darren Till no UFC Fight Night 67, que aconteceu em Goiânia, no mês de maio. Para o carioca, o duelo no XFC veio em boa hora.

“Para mim foi ótimo porque que estava precisando mesmo lutar, colocar essa minha gana para fora, essa energia que está dentro de mim, que eu não consegui colocar no UFC. É claro que o sonho de todo atleta é lutar no UFC, no meu caso é o de voltar, mas agora eu vou galgando devagar e a minha primeira missão é agora no XFC. Estou confiante de que vou fazer uma boa luta, tenho certeza que os organizadores e os promotores do evento vão gostar da minha apresentação lá, que vai ser o Wendell Negão que vai estar lutando e dessa vez vai ser a máquina de guerra indo para frente”, garantiu.

O carioca é um dos grandes nomes do MMA nacional e já atuou em grandes eventos como o Jungle Fight, WOCS, Face to Face, Shooto, entre outros, se tornando um dos maiores pesos-médios do Brasil, mas no UFC não conseguiu mostrar seu talento e acumulou duas derrotas por nocaute para Darren Till e Santiago Ponzinibbio, sendo demitido após o último revés. Wendell Negão fala sobre sua passagem no Ultimate.

“Na verdade nem eu mesmo sei explicar, mas não tiro mérito de meus adversários, não tem porque eu falar que eu não estava num dia bom, eles tiveram o mérito e me venceram mesmo, foram melhor mesmo e não consegui colocar meu jogo para fora. Não sei se foi questão psicológica, mental, mas agora eu consegui me focar bem, fazer um treinamento diferente, me desvincular de algumas coisas ruins que estavam envolvidas ao meu redor e agora graças a Deus está dando tudo certo, sei que os resultados positivos vão chegar”, disse o lutador que falou sobre o que mudou em sua vida após a passagem no UFC.

“Na verdade o que mudou foi a visibilidade, porque o UFC dá muita visibilidade, pois é um evento que tem um marketing muito grande e a mídia está sempre divulgando os atletas, o evento. Mudou bastante, mais gente passou a conhecer meu trabalho, mas graças a Deus eu sou um cara gente boa (risos) e a galera continua me acompanhando, me mandando mensagem, apoio, pessoas que precisam de mim para alguma ajuda, eu estou sempre ajudando”, disse.

Wendell Negão tem o sonho de voltar ao UFC, mas no momento seu foco está no XFC e quer fazer bonito na nova organização. O carioca acredita que vai fazer sucesso em qualquer outra organização.

“A gente sempre pensa, mas também tem outros convites excelentes de outras organizações, não vou pensar só no UFC, porque tem outros grandes eventos, o XFC mesmo é um evento muito bom e grande, onde quero fazer sucesso, também tem o Bellator, o One, agora está vindo o Rizin e vários grandes eventos lá fora. Eu sou um funcionário do MMA, o convite que vier e me agradar, vou aceitar e estarei lutando, pois é o que gosto de fazer”, disse.

Após a saída do UFC, Wendell Negão passou por contusões no pé e no ombro, mas garantiu estar totalmente recuperado.

“Já estou melhor e passei por um momento difícil, tive uma fissura no pé e logo depois um deslocamento no ombro, então isso aí requer bastante atenção. A gente já vem num momento difícil e ainda vem a parte física, mas graças a Deus, como a minha cabeça está muito boa e estou sempre cercado de bons treinadores e amigos, meu fisioterapeuta, que esteve comigo me apoiou o tempo todo, não precisei operar e agora estou pronto para voltar a lutar”, disse.

Para o combate no XFCi 13 contra Antônio Trócoli, Wendell Negão espera uma boa luta e quer resolver sem precisar da decisão dos juízes laterais.

“A galera que acompanhar o XFC não vai se arrepender, é o retorno do Wendell Negão e vou para cima do meu adversário, já que gosto de resolver meus combates de forma rápida e espero que dessa vez não seja diferente, estou lá para dar show para o público”, disse.