WGP Kickboxing inicia o ano com duas disputas de cinturão


WGP 36O toque de luvas inicial de 2017 no maior evento de trocação da América Latina já tem data marcada. O WGP Kickboxing realiza sua primeira edição no ano no próximo dia 7 de abril, no Ginásio do São Paulo FC, no bairro do Morumbi, Zona Oeste da capital paulista. Com um card estelar, o WGP 36 inicia um ano cheio de boas expectativas para a organização. O show terá início a partir das 19h e os canais de transmissão do evento para todo o ano de 2017 serão confirmados em breve.

Na luta principal da noite, o atual campeão dos meio-médios (até 71,8 kg) Ravy Brunow e o desafiante Marcelo Dionisio se encaram pelo título da divisão, enquanto Bruno Cerutti e Hector Santiago brigam pelo cinturão dos leves (até 60 kg), atualmente vago. A categoria ainda conhece na mesma noite o próximo desafiante com a disputa do Challenger GP entre quatro atletas renomados na organização, cada um representando um país da América do Sul. A noite tem ainda outros três combates internacionais que prometem.

“Pensamos em um evento especial por ser primeiro de 2017, com as duas disputas de cinturão e o Challenger GP na mesma noite. Ravy e Dionísio dispensam apresentações, é uma luta muito pedida pelos fãs. O título dos leves estava aberto com a mudança de categoria do Tebar, que era o campeão, e resolvemos dar uma movimentada realizando a disputa do título e o Challenger GP juntos. Vai ser uma noite especial iniciando um ano especial para o WGP”, projeta Paulinho Zorello, diretor-executivo do WGP Kickboxing.

Ravy Brunow defende cinturão pela terceira vez e divisão dos leves decide novo campeão

A atração principal da noite traz novamente uma defesa de cinturão do campeão dos meio-médios, Ravy Brunow. Ainda invicto na organização, Ravy chega para sua terceira tentativa de manutenção do título e tem pela frente o perigosíssimo Marcelo Dionísio, que surpreendeu a todos ao vencer o Challenger GP da categoria, no WGP #33. Convocado com menos de 20 dias de antecedência, Dionísio mostrou muita garra e superação para triunfar duas vezes na mesma noite e conquistar o posto de desafiante da divisão.

A co-luta principal do WGP 36 entre Bruno Cerutti e Hector Santiago define o novo campeão dos leves, após a mudança de categoria do então campeão Paulinho Tebar, que passa a lutar nos super-leves (64,5 kg). Ele já estreia nessa mesma noite em uma super luta diante de Wilson Djavan. Hector Santiago, representante da Seven Fight Team, é o número 1 do ranking da divisão e carimbou o passaporte após a conquista do Challenger GP da categoria, realizado no WGP #29. Com a subida de Tebar, o numéro 2 do ranking, Bruno Cerutti, que é pupilo do lendário Deucélio Rodrigues, também ganhou uma chance de brigar pelo título.

Challenger GP entre vizinhos sul-americanos define novo desafiante até 60 kg

Outro destaque da noite é o Challenger GP da categoria dos leves, que já define o adversário do vencedor entre Santiago e Cerutti. Quatro dos melhores lutadores da divisão, cada um representando seu país, se enfrentam na mesma noite pela chance de título. Em uma das semifinais, o multicampeão argentino Ignacio Capllonch, da equipe Dojo Serpiente, retorna ao ringue do WGP, após aplicar um nocaute espetacular em sua última luta, para encarar o brasileiro Ricardo ‘Koreano’, da TRKB de Fortaleza (CE).

Na segunda semifinal, o chileno radicado no Brasil, Felipe ‘Artillero’, vem embalado pela vitória conquistada no WGP 31 para enfrentar a sensação boliviana Renzo Martinez (Team Marcelo Salas). Martinez chega com confiança após estrear no WGP com um nocaute espetacular com apenas sete segundos em Gustavo Piacentini, número #3 do ranking e companheiro de Artillero na Company Top Fight.

Participação de atletas estrangeiros

Além dos três atletas estrangeiros que participarão do Challenger GP, o WGP 36 conta com mais três combates internacionais que prometem fazer tremer o ringue. Pelos pesados (até 94,1kg) o número 1 do ranking dos cruzadores (até 85,1 kg), Cesar Almeida, faz sua terceira luta na categoria de cima e encara o perigoso paraguaio Marcelo Nuñes. Já entre os meio-médios, o argentino Emanuel Ramponi encara o promissor Robson ‘Minotinho’, que sobe de peso e faz sua estreia na categoria. E por fim, pelos leves, o carioca Jorge Coutinho retorna ao WGP para enfrentar o chileno Daniel ‘Choque’ Miraga.

Confira o card do WGP 36: Ravy vs Dionísio

Card Principal

Main Event: Disputa de Cinturão WGP Kickboxing

Peso Meio-Médio (71,8 Kg): Ravy Brunow (Ravy Brunow Team / Veras TK / Combat Club) vs Marcelo Dionísio (San Martino Fight Team)

Co-Main Event: Disputa de Cinturão WGP Kickboxing

Peso Leve (60 Kg): Hector Santiago (Seven Fight Team) vs Bruno Cerutti (CT Celio Rodrigues)

Super Fight

Peso Super-Leve (64,5 kg): Paulo Tebar (Veras TK / CT Viscardi Andrade) vs Wilson Djavan (UFT)

International Super Fight

Peso Pesado (94,1 kg): Cesar Almeida (Rizzo RVT / LB / New Level – BRA) vs Marcelo Nuñes (Fight Center / Team Pain – PAR)

Challenger GP – Semifinal 1

Peso Leve (60 Kg): Felipe ‘Artillero’ (Company Top Fight – CHI) vs Renzo Martinez (Team Marcelo Salas – BOL)

Challenger GP – Semifinal 2

Peso Leve (60 Kg): Ignacio ‘El Misil’ Capllonch (Dojo Serpiente – ARG) vs Ricardo ‘Koreano’ (TRKB – BRA)

WGP Super Fights

International Super Fight

Peso Meio-Médio (71,8 Kg): Emanuel Ramponi (Company Top Fight – ARG) vs Robson ‘Minotinho’ (Coliseu Team – BRA)

International Super Fight

Peso Leve (60 Kg): Jorge Coutinho (FIGHT CO. / AOCTT – BRA) vs Daniel ‘Choque’ Miraga (União ABC – CHI)

Super Fight

Peso Meio-Médio (78,1 Kg): Marcus ‘Jon Jones’ (China Team) vs Walber dos Anjos (MFT / ARENA)

Card Preliminar

Disputa de Título Brasileiro Profissional (CBKB)

Peso Galo Feminino (52 Kg): Jessica Santos (Hard Kick Fight Team) vs Lailane Mota (The Rock Team / ABAMMRJ)

Disputa de Título Brasileiro Profissional (CBKB)

Peso Meio-Pesado (81,4 Kg): Inaftali Gomes (Serginho Team) vs Thiago ‘Golden Boy’ Conceição (Thailand Top Team)

Fight

Peso Meio-Médio (71,8 Kg): Leonardo Santini (Santini Fight Team) vs Daniel Dias (União ABC)

Peso Pena Feminino (56 Kg): Karina Canuto (Serginho Team) vs Roberta Zillig (China Team)

Peso Cruzador (85,1 Kg): Diego Sandim (SPFC Kickboxing) vs Nattan Novak (CT Celio Rodrigues)